Apresentação

 

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA, COMUNICAÇÃO E SUBJETIVIDADE: 

LUSO-BRASILEIRO-ALEMÃO

16 a 19 de Novembro de 2016 – PUCMinas-Poços de Caldas

17 e 21 de Novembro – Unifal-MG – Sede Alfenas

Facebook

Contato: simposiolubral@gmail.com

                                  Logotipo Unifal-MG           

                                                                                Apoio

  Logo FAPEMIG.

As transformações e impactos vivenciados pelas sociedades atuais em decorrência das novas formas de interação e comunicação, provenientes dos meios de comunicação de massa, redes sociais e novas mídias, têm exigido abordagens integradas que visem compreender esse processo. Áreas de investigação como a Filosofia, a Psicologia, a Comunicação, o Jornalismo, a Linguística, a Educação, a Arte, a Semiótica, ao lado de outras Ciências Humanas e Sociais, sobretudo aquelas direcionadas às pesquisas aplicadas ao campo tecnológico, da informação e do comportamento, muito têm a contribuir para uma visão mais abrangente desses fenômenos, a partir de suas reflexões, análises e perspectivas teóricas e metodológicas. Com este intuito pretende-se aproximar e compartilhar experiências vivenciadas nesses campos de estudos por meio do Curso de Especialização em Filosofia oferecido desde 2010 pela PUCMinas – Campus Poços de Caldas, juntamente com outras atividades acadêmicas realizadas pelo Núcleo de Ciências Humanas desta mesma unidade e sua atuação nos vários cursos de graduação da PUCMinas, em especial, para este evento, envolvendo o curso de Comunicação Social e de Psicologia, além dos Grupos de Pesquisas vinculados ao CNPq – Cultura, Memória e Sociedade; Filosofia, Religiosidade e suas Interfaces; Modos de Produção da Subjetividade. Agrega-se a tais vivências os trabalhos de ensino, pesquisa e produção acadêmica desenvolvidos pelo Instituto de Filosofia Prática – hoje congregado no LabCom.IFP – Comunicação, Filosofia e Humanidades – da Universidade da Beira Interior (Covilhã – Portugal), nas áreas de Filosofia, Comunicação e mídia, fenomenologia, Artes e Humanidades; e também nas áreas de atuação do Instituto de Ciências Humanas e Letras da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG) e seu Grupo de Pesquisa vinculado ao CNPq, Filosofia, História e Teoria Social.

Ganha relevância para o evento o fato de que em 2016 completam-se quarenta anos da morte (1976) do filósofo alemão Martin Heidegger, um dos grandes expoentes da filosofia fenomenológica e da ontologia na contemporaneidade; oitenta anos (1936) da publicação de A crise das ciências europeias e a fenomenologia transcendental (Die Krisis der europäischen Wissenschaften und die transzendentale Phänomenologie: ein Einleitung in die phänomenologische Philosophie), o livro clássico de Edmund Husserl; e também de A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica (Das Kunstwerk im Zeitalter seiner technischen Reproduzierbarkeit) de Walter Benjamin, obras e autores fundamentais para uma filosofia crítica frente aos desafios impostos pela modernidade científica e técnica.

Para tal, o evento procura reunir pesquisadores especialistas de universidades brasileiras e convidados internacionais – portugueses e alemães – estabelecendo assim um elo bastante diversificado de abordagens.

Além das conferências e palestras, o Simpósio contará com um minicurso sobre Heidegger (Jornalista e Dra. em Filosofia Soraya Guimarães Hoepfner) e três sessões de comunicação em torno das seguintes linhas temáticas:

  1. Comunicação, Mídias e Linguagens: práticas e reflexões
  2. Filosofia e Psicologia: questões da subjetividade
  3. Filosofia, Educação, Cultura e Sociedade

O SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA, COMUNICAÇÃO E SUBJETIVIDADE: LUSO-BRASILEIRO-ALEMÃO será realizado nos dias 16, 17,  18 e 19 de novembro de 2016 na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Campus Poços de Caldas, e nos dias 17 e 21 de novembro na Universidade Federal de Alfenas, Sede Alfenas. Aberto ao público em geral interessado em Filosofia e suas interfaces, estudantes de graduação e pós graduação nas áreas afins, docentes, profissionais e pesquisadores.